Determinação de ânions para análise da qualidade da água subterrânea no município de Medianeira (PR)

Éder Lisandro de Moraes Flores, Rafael Flores de Campos, Cristiane Witcel, Eduardo Eyng, Alex Sanches Torquato, Cristiane Canan

Resumo


O Município de Medianeira, no Estado do Paraná, está situado sobre o Aquífero Serra Geral (ASG) o qual se sobrepõe ao Aquífero Guarani. As águas destes aquíferos são amplamente consumidas pelo segmento agroindustrial e para o abastecimento público. No Município de Medianeira (PR), o sistema de saneamento tem uma abrangência restrita no perímetro urbano e é inexistente na zona rural.  Assim, o despejo de esgotos domésticos é feito rotineiramente com o uso de fossas sépticas construídas de forma irregular e muitas vezes sem revestimento adequado e/ou sem sumidouros. Além disso, na zona rural, atividades como a avicultura e a suinocultura também são potenciais fontes de contaminação do solo e da água subterrânea. Com a finalidade de avaliar a qualidade das águas subterrâneas em Medianeira (PR), foram monitorados 42 poços situados na zona rural e urbana, com relação às concentrações de nitrato (NO3-), nitrito (NO2-), fluoreto   (F-), cloreto  (Cl-), sulfato (SO42-), fosfato (PO43-) e brometo (Br-). Este monitoramento foi realizado em duas etapas durante o ano de 2014. Os resultados obtidos revelaram em alguns pontos concentrações de NO3- e F- acima do valor máximo permitido (VMP) pela Legislação Brasileira para padrões de potabilidade. Na primeira etapa do monitoramento, foram obtidos valores para NO3- acima do VMP em 03 pontos amostrados, enquanto na segunda etapa, a concentração de NO3- acima do VMP foi determinada em 05 pontos, com reincidência em um deles. Apesar de ser um estudo preliminar, ficou evidente a necessidade de maior atenção quanto ao controle da utilização das águas subterrâneas em Medianeira (PR), uma vez que em muitos destes locais a água é destinada exclusivamente ao consumo humano.


Palavras-chave


Águas subterrâneas. Ânions. Qualidade das águas. Aquífero Serra Geral.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.14295/ras.v31i4.28863

_____________________________________________________________________

A revista Águas Subterrâneas é uma publicação da Associação Brasileira de Águas Subterrâneas - ABAS - para divulgação de artigos científicos sobre Hidrogeologia e outros temas pertinentes.

A Revista Águas Subterrâneas é um periódico com classificação QUALIS Nacional e Internacional.

A Revista Águas Subterrâneas não cobra dos autores quaisquer taxas para submissão ou publicação. 

É de LIVRE acesso a todos os interessados, gratuitamente.
 
ÁGUAS SUBTERRÂNEAS, São Paulo, Brasil
eISSN 2179-9784 (eletrônico)
ISSN 0101-7004 (impresso)

Filiada:
 

Licença Creative Commons
Revista Águas Subterrâneas está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.


Todos aqueles que se cadastram na Revista Águas Subterrâneas tornam-se filiados da ABAS gratuitamente, podendo usufruir de descontos em eventos e material técnico. Por extensão, tornam-se também associados do Capítulo Brasileiro da Associação Internacional de Hidrogeólogos*, podendo também usufruir de descontos em eventos internacionais da IAH e outras ofertas. O acesso à revista é livre e independente do cadastramento

*Clique aqui para saber maiores detalhes e limitações dos filiados.