Água sustentável (as): um novo método para a governança da água

Bruna Camargo Soldera, Everton de Oliveira

Resumo


Partindo-se do pressuposto de que a degradação da qualidade da água pode ser objetivamente mensurável, assim como sua melhora de qualidade, este trabalho apresenta um novo conceito e método que permite a criação de instrumentos econômicos para gestão hídrica, este novo método é denominado Água Sustentável (AS). A simplicidade e força do método resumem-se no cálculo do volume de água necessário para se diluir uma massa qualquer de soluto até os padrões de potabilidade, ou qualquer outro padrão ecotoxicológico mais restritivo. Este método apoia-se inicialmente no conceito de Pegada Hídrica Cinza ou Água Cinza. Uma aplicação inicial foi realizada na sub- bacia hidrográfica do rio Jaguari, a escolha da área deve-se ao fato desta ser uma área com presença de indústrias de grande porte e intensa urbanização, contribuindo para pressão sobre os recursos hídricos. Os contaminantes selecionados para o cálculo da AS estão associados aos poluentes que podem atingir o manancial hídrico superficial e permanecer nele até a sua devida diluição, estes são DBO (Demanda Bioquímica de Oxigênio), Nitrato e Fósforo. Os resultados indicam que há uma carga de poluição excedente sendo lançada, uma vez que a AS calculada é muito superior à sua capacidade de diluição do rio, demonstrando deste modo, um excesso de massa de solutos no manancial hídrico.


Palavras-chave


Água Sustentável. Contaminação. Gestão de Recurso Hídrico.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.14295/ras.v31i2.28650

 
ÁGUAS SUBTERRÂNEAS, São Paulo, Brasil
eISSN 2179-9784 (eletrônico)
ISSN 0101-7004 (impresso)

Filiada:

Licença Creative Commons
Revista Águas Subterrâneas está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.


Todos aqueles que se cadastram na Revista Águas Subterrâneas tornam-se filiados da ABAS gratuitamente, podendo usufruir de descontos em eventos e material técnico. Por extensão, tornam-se também associados do Capítulo Brasileiro da Associação Internacional de Hidrogeólogos*, podendo também usufruir de descontos em eventos internacionais da IAH e outras ofertas. O acesso à revista livre e independente do cadstramento

*Clique aqui para saber maiores detalhes e limitações dos filiados.