FUNDAMENTOS PARA USO E PROTEÇÃO DAS ÁGUAS SUPERFICIAIS E SUBTERRÂNEAS DA REGIÃO OESTE DA CIDADE DE BELÉM/PA

Milton Antonio da Silva Matta, Natalina Maria Tinoco Cabral, Eduardo Marechal Tagliarini

Resumo


Como parte dos levantamentos temáticos relacionados ao Estudo de Impacto Ambiental (EIA) e o Relatório de Impacto Ambiental (RIMA) relativos à implantação do Projeto de Prolongamento da Avenida Primeiro de Dezembro no setor leste da cidade de Belém/PA, e com o objetivo de estabelecer as condições de uso e proteção dos recursos hídricos superficiais e subterrâneos daquela área, procedeu-se à análise da qualidade das águas em pontos previamente selecionados. Foram amostrados cinco poços amazonas e cinco pontos de drenagem superficial, em locais que foram considerados críticos por suas proximidades com os lagos Bolonha e Água Preta, componentes do Complexo do Utinga que abastece a maior parte de Belém.
Esse setor já mostra intensa ação antrópica, com possibilidades de agravamento com a implantação do projeto. Foram selecionados os seguintes parâmetros como os mais importantes para os objetivos do estudo pretendido: pH, condutividade elétrica, cloretos, amônio, nitrato, nitrito e fosfato. Os resultados foram comparados com os padrões de potabilidade da portaria 36 do Ministério de Saúde de 19/01/90 e da Organização Mundial de Saúde (OMS,1984). O resultado das análises das águas mostrou que a maioria das concentrações encontradas estão dentro dos padrões de potabilidade citados acima. Destoam disso alguns valores relacionados ao pH, condutividade elétrica e a série nitrogenada. Os principais problemas ambientais da área sob estudo, relacionam-se a ocupação urbana ao longo do eixo Av. Almirante Barroso - BR-316 e sua ramificação desordenada para o sul na direção do manancial do Utinga. Isto está vinculado a implantação de núcleos urbanos, conjuntos habitacionais e invasões espontâneas ou estimuladas.

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


 
A RAS teve que passar por uma
reestruturação do seu banco de dados,
caso seu LOGIN e SENHA NÃO MAIS FUNCIONEM,
por favor, CADASTRE-SE NOVAMENTE.
Desculpe pelo transtorno.
_____________________________________________________________________

ÁGUAS SUBTERRÂNEAS, São Paulo, Brasil
e-ISSN 2179-9784 (eletrônico)

É de LIVRE acesso a todos os interessados, gratuitamente.

 

A revista Águas Subterrâneas é uma publicação da Associação Brasileira de Águas Subterrâneas - ABAS - para divulgação de artigos científicos (originais e inéditos) sobre Hidrogeologia e outros temas pertinentes.

Os artigos aceitos e finalizados são publicados de forma contínua  organizados sob a numeração de um Volume anual subdividido em vários Números com até 10 artigos cada um.
 
A Revista Águas Subterrâneas é um periódico com classificação QUALIS Nacional e Internacional.
 
A Revista Águas Subterrâneas não cobra dos autores quaisquer taxas para submissão ou publicação.

DISCLAIMER: Os Suplementos de Anais (congressos e encontros técnicos) aqui presentes são publicados na Revista Águas Subterrâneas exclusivamente por um ato de gentileza dos editores. De forma semelhante, os Estudos de Caso e Notas Técnicas são publicados com a intenção de prover um espaço para divulgação de dados e estudos de interesse local, sem obrigação de ter uma contribuiçao científica. Seus artigos NÃO PODEM e NÃO DEVEM ser considerados como publicações deste periódico. NÃO foram submetidos a revisão pelos avaliadores da revista. NÃO são contemplados na avaliação da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES). O objetivo é tão somente o de ampliar a divulgação destes anais, estudos de caso e notas técnicas. Além disso, nestes documentos não é necessária e não será apresentada a numeração sequencial de páginas, como é feito para os artigos científicos. Os anais de eventos devem ser citados como tal, sem referência a este periódico. A Revista Águas Subterrâneas não se responsabiliza pelo conteúdo publicado nessas seções. 

Todos aqueles que se cadastram na Revista Águas Subterrâneas tornam-se filiados da ABAS gratuitamente, podendo usufruir de descontos em eventos e material técnico. Por extensão, tornam-se também associados do Capítulo Brasileiro da Associação Internacional de Hidrogeólogos*, podendo também usufruir de descontos em eventos internacionais da IAH e outras ofertas. O acesso à revista é livre e independente do cadastramento

*Clique aqui para saber maiores detalhes e limitações dos filiados.

Métricas

       

A Revista Águas Subterrâneas é filiada às seguintes Bases de Dados/Portais: 




 
Licença Creative Commons

Revista Águas Subterrâneas está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.