Comparação da abordagem de modelagem inversa e métodos tradicionais para estimar as propriedades hidráulicas insaturadas em solo franco arenoso

Leonardo Ezequiel Scherger, Victoria Zanello, Claudio Lexow

Resumo


O objetivo deste trabalho é comparar o uso da solução inversa na estimativa das propriedades hidráulicas do solo com a análise tradicional de dados por infiltrômetro de disco de tensão (IDT), dados de retenção em campo e funções de pedotransferência (FPTs) comumente usadas. Os dados de campo foram coletados em uma parcela experimental localizada em Bahía Blanca, Argentina. A infiltração no campo sob condições saturadas foi medida pelo método do furo inverso e a infiltração sob condições insaturadas foi realizada com IDT. Os dados de retenção de campo (θ(h)) também foram coletados periodicamente. O software HYDRUS 2D/3D foi utilizado para otimizar os parâmetros hidráulicos do solo por solução inversa, de acordo com os dados do IDT. A condutividade hidráulica saturada medida pelo método do furo inverso (5.53 cm.h-1) e calculada pela abordagem analítica de Wooding (5.35 cm.h-1) e simulações numéricas inversas (5.36 cm.h-1) mostraram valores muito próximos. Segundo estimativas de macroporosidade, a água infiltrada é conduzida principalmente através de microporos e mesoporos do solo. Os macroporos canalizaram apenas 15.9% do fluxo total infiltrado. As curvas de retenção previstas pelos FPTs não representaram corretamente os dados de retenção em campo. O melhor ajuste entre o teor de água nas tensões específicas previstas pelas curvas de retenção e o teor de água medido no campo foi alcançado pela abordagem de solução inversa de IDT (RMSE: 0.050 cm3.cm-3). A abordagem de solução inversa demonstrou ser um método simples e prático para obter uma estimativa precisa de curvas de re-tenção e de condutividade hidráulica.

Palavras-chave


Infiltrômetro de disco. Solução inversa. Curvas de Retenção. Hydrus 2D/3D.

Texto completo:

PDF (English)


DOI: https://doi.org/10.14295/ras.v34i3.29929

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


 
_____________________________________________________________________

ÁGUAS SUBTERRÂNEAS, São Paulo, Brasil
e-ISSN 2179-9784 (eletrônico)

É de LIVRE acesso a todos os interessados, gratuitamente.

 

A revista Águas Subterrâneas é uma publicação da Associação Brasileira de Águas Subterrâneas - ABAS - para divulgação de artigos científicos (originais e inéditos) sobre Hidrogeologia e outros temas pertinentes.

Os artigos aceitos e finalizados são publicados de forma contínua  organizados sob a numeração de um Volume anual subdividido em vários Números com até 10 artigos cada um.
 
A Revista Águas Subterrâneas é um periódico com classificação QUALIS Nacional e Internacional.
 
A Revista Águas Subterrâneas não cobra dos autores quaisquer taxas para submissão ou publicação.

DISCLAIMER: Os Suplementos de Anais (congressos e encontros técnicos) aqui presentes são publicados na Revista Águas Subterrâneas exclusivamente por um ato de gentileza dos editores. De forma semelhante, os Estudos de Caso e Notas Técnicas são publicados com a intenção de prover um espaço para divulgação de dados e estudos de interesse local, sem obrigação de ter uma contribuiçao científica. Seus artigos NÃO PODEM e NÃO DEVEM ser considerados como publicações deste periódico. NÃO foram submetidos a revisão pelos avaliadores da revista. NÃO são contemplados na avaliação da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES). O objetivo é tão somente o de ampliar a divulgação destes anais, estudos de caso e notas técnicas. Além disso, nestes documentos não é necessária e não será apresentada a numeração sequencial de páginas, como é feito para os artigos científicos. Os anais de eventos devem ser citados como tal, sem referência a este periódico. A Revista Águas Subterrâneas não se responsabiliza pelo conteúdo publicado nessas seções. 

Todos aqueles que se cadastram na Revista Águas Subterrâneas tornam-se filiados da ABAS gratuitamente, podendo usufruir de descontos em eventos e material técnico. Por extensão, tornam-se também associados do Capítulo Brasileiro da Associação Internacional de Hidrogeólogos*, podendo também usufruir de descontos em eventos internacionais da IAH e outras ofertas. O acesso à revista é livre e independente do cadastramento

*Clique aqui para saber maiores detalhes e limitações dos filiados.

Métricas

       

A Revista Águas Subterrâneas é filiada às seguintes Bases de Dados/Portais: 




 
Licença Creative Commons

Revista Águas Subterrâneas está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.