ANÁLISE COMPARATIVA ENTRE AS VAZÕES OUTORGADAS E A DISPONIBILIDADE HÍDRICA NATURAL DO ESTADO RIO DE JANEIRO.

Publicado
2019-01-23

    Autores

  • MAGALY VIEIRA COSTA DOS SANTOS Associação Brasileira de Águas Subterrâneas
  • VIVICTOR DA LUZ FERREIRA
  • AMANDA MARINS PAES
  • JOÃO VICTOR TEIXEIRA ARAÚJO
  • MATHEUS GONZALEZ CAMARA
  • NATÁLIA GOULART RANGEL
  • RAFAEL MARCHON JULIANO ALBUQUERQUE
  • SUANNE MONTEIRO PESSANHA
  • YAN FREITAS ANTUNES
  • VALDINEIA DIAS DA SILVA

Resumo

As águas subterrâneas, serve como fonte estratégica de abastecimento, em várias partes do mundo. Hoje vemos que as diversas atividades humanas contribuem para contaminação dos recursos hídricos, sendo esta a principal fonte de degradação das reservas disponíveis mundialmente.

          Devido ao crescimento populacional e ao grau de antropização, a procura por fontes alternativas para o abastecimento da população, como poços  de água subterrânea, é a maneira que vem sendo utilizada para o suprimento das necessidades mundiais. Contudo, as ações antrópicas em função também da urbanização, vêm causando impactos nos aquíferos como a contaminação do lençol freático, por intrusão salina, agrotóxicos, indústrias etc.

         Esse estudo visa a verificação dos dados referentes a exploração das águas subterrâneas no Estado do Rio de Janeiro, onde verifica-se a necessidade de aumento da fiscalização, uma vez que o número de poços informados pelo SIAGAS, é inferior ao que estão legalizados atualmente, pelo órgão ambiental, ou seja, os poços devidamente outorgados.

Como Citar
COSTA DOS SANTOS, M. V., DA LUZ FERREIRA, V., MARINS PAES, A., TEIXEIRA ARAÚJO, J. V., CAMARA, M. G., GOULART RANGEL, N., JULIANO ALBUQUERQUE, R. M., MONTEIRO PESSANHA, S., ANTUNES, Y. F., & DIAS DA SILVA, V. (2019). ANÁLISE COMPARATIVA ENTRE AS VAZÕES OUTORGADAS E A DISPONIBILIDADE HÍDRICA NATURAL DO ESTADO RIO DE JANEIRO. Águas Subterrâneas. Recuperado de https://aguassubterraneas.abas.org/asubterraneas/article/view/29458