ANÁLISE COMPARATIVA ENTRE AS VAZÕES OUTORGADAS E A DISPONIBILIDADE HÍDRICA NATURAL DO ESTADO RIO DE JANEIRO.

MAGALY VIEIRA COSTA DOS SANTOS, VIVICTOR DA LUZ FERREIRA, AMANDA MARINS PAES, JOÃO VICTOR TEIXEIRA ARAÚJO, MATHEUS GONZALEZ CAMARA, NATÁLIA GOULART RANGEL, RAFAEL MARCHON JULIANO ALBUQUERQUE, SUANNE MONTEIRO PESSANHA, YAN FREITAS ANTUNES, VALDINEIA DIAS DA SILVA

Resumo


As águas subterrâneas, serve como fonte estratégica de abastecimento, em várias partes do mundo. Hoje vemos que as diversas atividades humanas contribuem para contaminação dos recursos hídricos, sendo esta a principal fonte de degradação das reservas disponíveis mundialmente.

          Devido ao crescimento populacional e ao grau de antropização, a procura por fontes alternativas para o abastecimento da população, como poços  de água subterrânea, é a maneira que vem sendo utilizada para o suprimento das necessidades mundiais. Contudo, as ações antrópicas em função também da urbanização, vêm causando impactos nos aquíferos como a contaminação do lençol freático, por intrusão salina, agrotóxicos, indústrias etc.

         Esse estudo visa a verificação dos dados referentes a exploração das águas subterrâneas no Estado do Rio de Janeiro, onde verifica-se a necessidade de aumento da fiscalização, uma vez que o número de poços informados pelo SIAGAS, é inferior ao que estão legalizados atualmente, pelo órgão ambiental, ou seja, os poços devidamente outorgados.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.14295/ras.v0i0.29458

_____________________________________________________________________

A revista Águas Subterrâneas é uma publicação da Associação Brasileira de Águas Subterrâneas - ABAS - para divulgação de artigos científicos (originais e inéditos) sobre Hidrogeologia e outros temas pertinentes. Os artigos aceitos e finalizados são publicados em forma contínua e organizados sob a numeração de um Volume anual subdividido em vários Números com até 10 artigos cada um. 

A Revista Águas Subterrâneas é um periódico com classificação QUALIS Nacional e Internacional.

A Revista Águas Subterrâneas não cobra dos autores quaisquer taxas para submissão ou publicação. 


DISCLAIMER: Os Suplementos de Anais (congressos e encontros técnicos) aqui presentes são publicados na Revista Águas Subterrâneas exclusivamente por um ato de gentileza dos editores. De forma semelhante, os Estudos de Caso e Notas Técnicas são publicados com a intenção de prover um espaço para divulgação de dados e estudos de interesse local, sem obrigação de ter uma contribuiçao científica. Seus artigos NÃO PODEM e NÃO DEVEM ser considerados como publicações deste periódico. NÃO foram submetidos a revisão pelos avaliadores da revista. NÃO são contemplados na avaliação da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES). O objetivo é tão somente o de ampliar a divulgação destes anais, estudos de caso e notas técnicas. Além disso, nestes documentos não é necessária e não será apresentada a numeração sequencial de páginas, como é feito para os artigos científicos. Os anais de eventos devem ser citados como tal, sem referência a este periódico. A Revista Águas Subterrâneas não se responsabiliza pelo conteúdo publicado nessas seções. 

  

É de LIVRE acesso a todos os interessados, gratuitamente.
 

ÁGUAS SUBTERRÂNEAS, São Paulo, Brasil
eISSN 2179-9784 (eletrônico)
ISSN 0101-7004 (impresso)

Filiada:
 

Licença Creative Commons
Revista Águas Subterrâneas está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.


Todos aqueles que se cadastram na Revista Águas Subterrâneas tornam-se filiados da ABAS gratuitamente, podendo usufruir de descontos em eventos e material técnico. Por extensão, tornam-se também associados do Capítulo Brasileiro da Associação Internacional de Hidrogeólogos*, podendo também usufruir de descontos em eventos internacionais da IAH e outras ofertas. O acesso à revista é livre e independente do cadastramento

*Clique aqui para saber maiores detalhes e limitações dos filiados.