ANÁLISE COMPARATIVA DOS PARÂMETROS DE QUALIDADE DE ÁGUAS SUBTERRÂNEAS PROVENIENTES DE POÇOS TUBULARES DAS MICRORREGIÕES DO CURIMATAÚ E CARIRI PARAIBANO

HENRIQUE BRUNO LIMA DE OLIVEIRA, JOSENILDO ISIDRO DOS SANTOS FILHO, FRANCISCO DE ASSIS DA SILVEIRA GONZAGA, DWIGHT RODRIGUES SOARES, JOELSON SOUZA ISIDRO DOS SANTOS, WESLEY OLIVEIRA DE ANDRADE, YVINA BESERRA DE SOUSA, SARAH LÍLIAN DE LIMA SILVA, EDMILSON DANTAS DA SILVA FILHO, IREMAR ALVES MADUREIRA

Resumo


O Brasil está entre os países com maior disponibilidade de água doce do mundo, com 12% do volume total do planeta, tendo como destaque as águas subterrâneas dos aquíferos Guraní e Alter do Chão. Tendo em vista a necessidade, requerida pelo o aumento da demanda de água potável para a sobrevivência e desenvolvimento dos seres vivos, produção de alimentos, entre outros fins que são necessários para o bem-estar da população, faz-se necessário à extração de águas subterrâneas em algumas regiões dos estados Brasileiros, principalmente nas regiões mais escassas, como o Nordeste do país. Esta região sofre com a escassez de água devido a fatores ambientais característicos, como a baixa pluviosidade e irregularidade das chuvas na região, aliadas a estrutura geológica local, que não favorece o acúmulo de água subterrânea de maneira satisfatória. Torna-se indispensável o conhecimento geológico da região para que seja possível a análise completa da água subterrânea, como forma de identificar pontos de possíveis acúmulos de determinados elementos que podem influenciar a qualidade da água, visando a finalidade de aplicação deste bem mineral. O presente trabalho trata de uma análise comparativa, através dos parâmetros químicos, dos resultados obtidos através de análise físico-química das águas subterrâneas, provenientes de poços tubulares das regiões do Curimataú e Cariri paraibano. Através desta informação, pretende-se relacionar a variação dos parâmetros encontrados com a condicionante do embasamento cristalino de cada região de estudo.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.14295/ras.v0i0.29444

_____________________________________________________________________

A revista Águas Subterrâneas é uma publicação da Associação Brasileira de Águas Subterrâneas - ABAS - para divulgação de artigos científicos (originais e inéditos) sobre Hidrogeologia e outros temas pertinentes. Os artigos aceitos e finalizados são publicados em forma contínua e organizados sob a numeração de um Volume anual subdividido em vários Números com até 10 artigos cada um. 

A Revista Águas Subterrâneas é um periódico com classificação QUALIS Nacional e Internacional.

A Revista Águas Subterrâneas não cobra dos autores quaisquer taxas para submissão ou publicação. 


DISCLAIMER: Os Suplementos de Anais (congressos e encontros técnicos) aqui presentes são publicados na Revista Águas Subterrâneas exclusivamente por um ato de gentileza dos editores. De forma semelhante, os Estudos de Caso e Notas Técnicas são publicados com a intenção de prover um espaço para divulgação de dados e estudos de interesse local, sem obrigação de ter uma contribuiçao científica. Seus artigos NÃO PODEM e NÃO DEVEM ser considerados como publicações deste periódico. NÃO foram submetidos a revisão pelos avaliadores da revista. NÃO são contemplados na avaliação da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES). O objetivo é tão somente o de ampliar a divulgação destes anais, estudos de caso e notas técnicas. Além disso, nestes documentos não é necessária e não será apresentada a numeração sequencial de páginas, como é feito para os artigos científicos. Os anais de eventos devem ser citados como tal, sem referência a este periódico. A Revista Águas Subterrâneas não se responsabiliza pelo conteúdo publicado nessas seções. 

  

É de LIVRE acesso a todos os interessados, gratuitamente.
 

ÁGUAS SUBTERRÂNEAS, São Paulo, Brasil
eISSN 2179-9784 (eletrônico)
ISSN 0101-7004 (impresso)

Filiada:
 

Licença Creative Commons
Revista Águas Subterrâneas está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.


Todos aqueles que se cadastram na Revista Águas Subterrâneas tornam-se filiados da ABAS gratuitamente, podendo usufruir de descontos em eventos e material técnico. Por extensão, tornam-se também associados do Capítulo Brasileiro da Associação Internacional de Hidrogeólogos*, podendo também usufruir de descontos em eventos internacionais da IAH e outras ofertas. O acesso à revista é livre e independente do cadastramento

*Clique aqui para saber maiores detalhes e limitações dos filiados.