Especiação Química do Sulfato em Águas Subterrâneas do Domínio Hidrogeológico Sedimentar do Estado da Bahia - Brasil, Utilizando o Método Tableau

Maiana Azevedo Vasconcelos, Iara Brandão de Oliveira

Resumo


Especiação consiste em identificar as formas químicas de um elemento no meio aquático, ajudando a elucidar a origem, mobilidade, e o impacto das espécies predominantes na qualidade da água. Este trabalho utilizou o método Tableau para obter a especiação química do sulfato nas águas subterrâneas do domínio sedimentar do Estado da Bahia. A depender da espécie química, a água subterrânea pode ter sabor salgado ou amargo, além de efeito laxativo. Foram utilizados resultados do banco de dados hidrogeológicos da CERB para poços perfurados entre 2003-2013. A ênfase foi para poços com sulfato acima do limite de 250 mg L-1, estabelecido pela Portaria do Ministério da Saúde n° 2914/11. O Tableau transforma um problema químico num conjunto matemático de equações, com base nas reações químicas e constantes de equilíbrio. Após a aplicação do método, encontrou-se concentrações maiores para MgSO4(aq), seguido de CaSO4(aq) e NaSO4- e baixas concentrações de KSO4-. Conquanto a presença de uma espécie química dependa da ocorrência dos minerais envolvidos na litologia, este trabalho não verificou para a mesma litologia, a mesma concentração das espécies químicas nas águas subterrâneas. Também não foi possível verificar que as concentrações estavam associadas aos índices pluviométricos locais. Portanto, futuras pesquisas devem considerar outros fatores não estudados aqui, para determinar os fatores influentes na especiação química do sulfato nas águas subterrâneas do Estado da Bahia.


Palavras-chave


Águas subterrâneas. Especiação química. Tableau. MINEQL +®

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.14295/ras.v32i2.29119

_____________________________________________________________________

A revista Águas Subterrâneas é uma publicação da Associação Brasileira de Águas Subterrâneas - ABAS - para divulgação de artigos científicos (originais e inéditos) sobre Hidrogeologia e outros temas pertinentes. Os artigos aceitos e finalizados são publicados em forma contínua e organizados sob a numeração de um Volume anual subdividido em vários Números com até 10 artigos cada um. 

A Revista Águas Subterrâneas é um periódico com classificação QUALIS Nacional e Internacional.

A Revista Águas Subterrâneas não cobra dos autores quaisquer taxas para submissão ou publicação. 


DISCLAIMER: Os Suplementos de Anais (congressos e encontros técnicos) aqui presentes são publicados na Revista Águas Subterrâneas exclusivamente por um ato de gentileza dos editores. De forma semelhante, os Estudos de Caso e Notas Técnicas são publicados com a intenção de prover um espaço para divulgação de dados e estudos de interesse local, sem obrigação de ter uma contribuiçao científica. Seus artigos NÃO PODEM e NÃO DEVEM ser considerados como publicações deste periódico. NÃO foram submetidos a revisão pelos avaliadores da revista. NÃO são contemplados na avaliação da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES). O objetivo é tão somente o de ampliar a divulgação destes anais. Além disso, por serem anais de eventos, não é necessária e não será apresentada a numeração de páginas. Devem ser citados como anais de eventos ou como estudo de caso ou nota técnica somente, sem referência a este periódico. A Revista Águas Subterrâneas não se responsabiliza pelo conteúdo publicado nessas seções. 

  

É de LIVRE acesso a todos os interessados, gratuitamente.
 

ÁGUAS SUBTERRÂNEAS, São Paulo, Brasil
eISSN 2179-9784 (eletrônico)
ISSN 0101-7004 (impresso)

Filiada:
 

Licença Creative Commons
Revista Águas Subterrâneas está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.


Todos aqueles que se cadastram na Revista Águas Subterrâneas tornam-se filiados da ABAS gratuitamente, podendo usufruir de descontos em eventos e material técnico. Por extensão, tornam-se também associados do Capítulo Brasileiro da Associação Internacional de Hidrogeólogos*, podendo também usufruir de descontos em eventos internacionais da IAH e outras ofertas. O acesso à revista é livre e independente do cadastramento

*Clique aqui para saber maiores detalhes e limitações dos filiados.