PIEZOCONE DE RESISTIVIDADE (RCPTu) COMO FERRAMENTA DE DEFINIÇÃO DE UNIDADES HIDROESTRATIGRÁFICAS

Marcos Tanaka Riyis, Rafael Muraro Derrite, Mauro Tanaka Riyis, Lucas Scarpanti Jesus

Resumo


A DD-038 da CETESB trouxe a obrigatoriedade de, nas etapas de diagnóstico, definir, caracterizar e delimitar as unidades hidroestratigráficas (UH). Trouxe também a necessidade de
avaliar a distribuição das substâncias químicas de interesse (SQI) e sua interação com o meio físico em escala apropriada. Essas necessidades já eram conhecidas de documentos da USEPA e do ITRC, bem como da comunidade científica internacional, mas a DD le
va a necessidade a um grau de obrigatoriedade. Dentre as ferramentas disponíveis no Brasil que fazem esse trabalho, destacase o RCPTu, que é formado pela aquisição, em tempo real, de dados através de 04 sensores de pressão: resistência de Ponta (Qc), atrito lateral (fs), poro pressão (u) e condutividade elétrica (EC). Tem a vantagem sobre as ferramentas de amostragem de solo Direct Push por serem mais precisas e obterem maior densidade de dados. Tem vantagem sobre as demais ferramentas de tempo real (HPT, DPIL, Waterloo APS) por ter 4 sensores ao invés de 01 e por não precisar injetar fluido sob pressão no aquífero. Tem a desvantagem
de não poder ser cravada por percussão, apenas por pressão hidráulica.


Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


 
_____________________________________________________________________

ÁGUAS SUBTERRÂNEAS, São Paulo, Brasil
e-ISSN 2179-9784 (eletrônico)

É de LIVRE acesso a todos os interessados, gratuitamente.

 

A revista Águas Subterrâneas é uma publicação da Associação Brasileira de Águas Subterrâneas - ABAS - para divulgação de artigos científicos (originais e inéditos) sobre Hidrogeologia e outros temas pertinentes.

Os artigos aceitos e finalizados são publicados de forma contínua  organizados sob a numeração de um Volume anual subdividido em vários Números com até 10 artigos cada um.
 
A Revista Águas Subterrâneas é um periódico com classificação QUALIS Nacional e Internacional.
 
A Revista Águas Subterrâneas não cobra dos autores quaisquer taxas para submissão ou publicação.

DISCLAIMER: Os Suplementos de Anais (congressos e encontros técnicos) aqui presentes são publicados na Revista Águas Subterrâneas exclusivamente por um ato de gentileza dos editores. De forma semelhante, os Estudos de Caso e Notas Técnicas são publicados com a intenção de prover um espaço para divulgação de dados e estudos de interesse local, sem obrigação de ter uma contribuiçao científica. Seus artigos NÃO PODEM e NÃO DEVEM ser considerados como publicações deste periódico. NÃO foram submetidos a revisão pelos avaliadores da revista. NÃO são contemplados na avaliação da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES). O objetivo é tão somente o de ampliar a divulgação destes anais, estudos de caso e notas técnicas. Além disso, nestes documentos não é necessária e não será apresentada a numeração sequencial de páginas, como é feito para os artigos científicos. Os anais de eventos devem ser citados como tal, sem referência a este periódico. A Revista Águas Subterrâneas não se responsabiliza pelo conteúdo publicado nessas seções. 

Todos aqueles que se cadastram na Revista Águas Subterrâneas tornam-se filiados da ABAS gratuitamente, podendo usufruir de descontos em eventos e material técnico. Por extensão, tornam-se também associados do Capítulo Brasileiro da Associação Internacional de Hidrogeólogos*, podendo também usufruir de descontos em eventos internacionais da IAH e outras ofertas. O acesso à revista é livre e independente do cadastramento

*Clique aqui para saber maiores detalhes e limitações dos filiados.

Métricas

       

A Revista Águas Subterrâneas é filiada às seguintes Bases de Dados/Portais: 




 
Licença Creative Commons

Revista Águas Subterrâneas está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.