Aplicação de técnicas direct push para caracterização litoestratigráfica de alta resolução em ambiente aluvionar

Leandro Gomes de Freitas, Marco Aurélio Zequim Pede, Hung Kiang Chang

Resumo


A aplicação de técnicas de investigação de alta resolução, com base em métodos Direct Push, para caracterização litoestratigráfica de áreas contaminadas, vem possibilitando a obtenção de modelos conceituais mais consistentes. Para avaliar a aplicação dessas técnicas em ambientes aluvionares, adotou-se como área de estudo o campus da USP Leste, no município de São Paulo. Foram analisadas três técnicas de campo: ensaios com sensor de condutividade elétrica da sonda MIP, ensaios com o sistema Soil Color Optical Screening Tool (SCOST) e amostragem de solo pelo método Dual Tube. Adicionalmente, procedimentos laboratoriais foram adotados para caracterização granulométrica e análises do teor de matéria orgânica das amostras de solo. Os perfis obtidos em campo pelo MIP e pelo SCOST apresentaram boa correlação qualitativa com as descrições litológicas e com os perfis granulométricos, refinando a caracterização litoestratigráfica. Já as análises do perfil de matéria orgânica mostraram a presença de camadas com elevado teor orgânico, indicando elevado potencial metanogênico, principalmente nas camadas de argilas e siltes orgânicos em meio aos sedimentos quaternários. As técnicas Direct Push adotadas demonstram um grande potencial para a caracterização litoestratigráfica em alta resolução de ambientes aluvionares.


Palavras-chave


Direct Push. Caracterização litoestratigráfica. Investigação de alta resolução. Áreas contaminadas. Ambiente aluvionar.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.14295/ras.v31i4.28902

_____________________________________________________________________

A revista Águas Subterrâneas é uma publicação da Associação Brasileira de Águas Subterrâneas - ABAS - para divulgação de artigos científicos (originais e inéditos) sobre Hidrogeologia e outros temas pertinentes. Os artigos aceitos e finalizados são publicados em forma contínua e organizados sob a numeração de um Volume anual subdividido em vários Números com até 10 artigos cada um. 

A Revista Águas Subterrâneas é um periódico com classificação QUALIS Nacional e Internacional.

A Revista Águas Subterrâneas não cobra dos autores quaisquer taxas para submissão ou publicação. 

É de LIVRE acesso a todos os interessados, gratuitamente.
 
ÁGUAS SUBTERRÂNEAS, São Paulo, Brasil
eISSN 2179-9784 (eletrônico)
ISSN 0101-7004 (impresso)

Filiada:
 

Licença Creative Commons
Revista Águas Subterrâneas está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.


Todos aqueles que se cadastram na Revista Águas Subterrâneas tornam-se filiados da ABAS gratuitamente, podendo usufruir de descontos em eventos e material técnico. Por extensão, tornam-se também associados do Capítulo Brasileiro da Associação Internacional de Hidrogeólogos*, podendo também usufruir de descontos em eventos internacionais da IAH e outras ofertas. O acesso à revista é livre e independente do cadastramento

*Clique aqui para saber maiores detalhes e limitações dos filiados.