Avaliação do abrandamento de água calcária utilizando hidróxido de cálcio e carbonatação

Hermes Marcal-Silva, Francinete Veloso Duarte, Agda Louredo Gonçalves Oliveira

Resumo


A água é um recurso fundamental para a vida na terra e a sua qualidade define seus diversos usos. A qualidade da água é entendida como resultado das ações antrópicas e da sua interação com o meio físico. Assim a água possui características físicas, químicas e biológicas em virtude de suas propriedades de solvente e de sua capacidade de transportar partículas. Dentre as características químicas está a dureza de carbonatos que representa a concentração de íons como o cálcio e o magnésio em solução. Esses íons estão presentes na água subterrânea através de processos de intemperismo químico que dependem do tempo de contato entre a água e a rocha, temperatura, CO2 disponível e da presença de ácidos orgânicos e inorgânicos. Em níveis elevados de dureza total a água apresenta um sabor diferenciado o que pode ser desagradável ao paladar das pessoas. O objetivo desse trabalho é verificar o abrandamento da concentração dos carbonatos de cálcio e magnésio, pela dissolução de gás carbônico e hidróxido de cálcio, alterando o equilíbrio do sistema carbonato. Foram testadas a água carbonatada, água carbonatada e aerada e a água natural com cinco concentrações de hidróxido de cálcio (0, 25, 50, 75 e 150 mg L-1). O parâmetro avaliado foi a dureza de carbonatos. Os experimentos foram configurados em fatorial com dois fatores, aplicou-se o teste Tukey a um nível de 1% de significância. Os resultados mostraram que o fator água e o fator concentração de hidróxido foram significativos a 1% de significância, já a interação dos dois fatores não. Contudo o melhor resultado na remoção da dureza foi na concentração de 150 mg L-1 de hidróxido de cálcio em água carbonatada e aerada.


Palavras-chave


Qualidade da água. Dureza da água. Gás carbônico.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.14295/ras.v31i4.28871

_____________________________________________________________________

A revista Águas Subterrâneas é uma publicação da Associação Brasileira de Águas Subterrâneas - ABAS - para divulgação de artigos científicos sobre Hidrogeologia e outros temas pertinentes.

A Revista Águas Subterrâneas é um periódico com classificação QUALIS Nacional e Internacional.

A Revista Águas Subterrâneas não cobra dos autores quaisquer taxas para submissão ou publicação. 

É de LIVRE acesso a todos os interessados, gratuitamente.
 
ÁGUAS SUBTERRÂNEAS, São Paulo, Brasil
eISSN 2179-9784 (eletrônico)
ISSN 0101-7004 (impresso)

Filiada:
 

Licença Creative Commons
Revista Águas Subterrâneas está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.


Todos aqueles que se cadastram na Revista Águas Subterrâneas tornam-se filiados da ABAS gratuitamente, podendo usufruir de descontos em eventos e material técnico. Por extensão, tornam-se também associados do Capítulo Brasileiro da Associação Internacional de Hidrogeólogos*, podendo também usufruir de descontos em eventos internacionais da IAH e outras ofertas. O acesso à revista é livre e independente do cadastramento

*Clique aqui para saber maiores detalhes e limitações dos filiados.