A RELAÇÃO ENTRE A HIDROGEOLOGIA E OS LINEAMENTOS ESTRUTURAIS DO PLANALTO SERRANO DO ESTADO DE SANTA CATARINA, COM O USO DE GEOTECNOLOGIAS

Guilherme Ferretti Mendes, Raquel Valério de Sousa, José Luiz Albuquerque Filho

Resumo


O foco principal foi discutir as possíveis correlações existentes entre os dados hidrogeológicos e os lineamentos estruturais da região do Planalto Serrano de Santa Catarina, onde esta inserida a região administrativa da AMURES, que compreende 18 municípios. Primeiramente foram feitos levantamentos bibliográficos, além da coleta de dados de 239 processos de outorga de águas subterrâneas cedidos pela FATMA, perfurados em rochas do sistema poroso intergranular e sistema cristalino fraturado. Foi gerado o mapa de sombreamento com o uso do software ArcGis 10.1, utilizando o MDE cedido pela AMURES. Através do mapa de sombreamento em conjunto com as ortofotos disponibilizadas pela SDS, foram extraídos manualmente 101.594 lineamentos estruturais, por meio da ferramenta editor do software ArcGis 10.1, e, utilizando o software Openstereo foram gerados os diagramas de rosáceas destas estruturas. Também foram elaborados os mapas de densidades de lineamentos estruturais, da hidrografia, da profundidade e da vazão dos poços tubulares, além de mapas e gráficos auxiliares. Analisando-se os produtos gerados foi encontrada uma relação entre a profundidade e a vazão dos poços, além da relação entre as densidades de lineamentos e as maiores vazões dos poços do aquífero fraturado. Quanto ao sistema poroso intergranular, as maiores vazões estão correlacionadas com as estruturas do Domo de Lages.

Texto completo:

PDF


_____________________________________________________________________

A revista Águas Subterrâneas é uma publicação da Associação Brasileira de Águas Subterrâneas - ABAS - para divulgação de artigos científicos (originais e inéditos) sobre Hidrogeologia e outros temas pertinentes. Os artigos aceitos e finalizados são publicados em forma contínua e organizados sob a numeração de um Volume anual subdividido em vários Números com até 10 artigos cada um. 

A Revista Águas Subterrâneas é um periódico com classificação QUALIS Nacional e Internacional.

A Revista Águas Subterrâneas não cobra dos autores quaisquer taxas para submissão ou publicação. 


DISCLAIMER: Os Suplementos de Anais (congressos e encontros técnicos) aqui presentes são publicados na Revista Águas Subterrâneas exclusivamente por um ato de gentileza dos editores. De forma semelhante, os Estudos de Caso e Notas Técnicas são publicados com a intenção de prover um espaço para divulgação de dados e estudos de interesse local, sem obrigação de ter uma contribuiçao científica. Seus artigos NÃO PODEM e NÃO DEVEM ser considerados como publicações deste periódico. NÃO foram submetidos a revisão pelos avaliadores da revista. NÃO são contemplados na avaliação da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES). O objetivo é tão somente o de ampliar a divulgação destes anais, estudos de caso e notas técnicas. Além disso, nestes documentos não é necessária e não será apresentada a numeração sequencial de páginas, como é feito para os artigos científicos. Os anais de eventos devem ser citados como tal, sem referência a este periódico. A Revista Águas Subterrâneas não se responsabiliza pelo conteúdo publicado nessas seções. 

  

É de LIVRE acesso a todos os interessados, gratuitamente.
 

ÁGUAS SUBTERRÂNEAS, São Paulo, Brasil
eISSN 2179-9784 (eletrônico)
ISSN 0101-7004 (impresso)

Filiada:
 

Licença Creative Commons
Revista Águas Subterrâneas está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.


Todos aqueles que se cadastram na Revista Águas Subterrâneas tornam-se filiados da ABAS gratuitamente, podendo usufruir de descontos em eventos e material técnico. Por extensão, tornam-se também associados do Capítulo Brasileiro da Associação Internacional de Hidrogeólogos*, podendo também usufruir de descontos em eventos internacionais da IAH e outras ofertas. O acesso à revista é livre e independente do cadastramento

*Clique aqui para saber maiores detalhes e limitações dos filiados.