ABORDAGEM SETORIAL PARA INVESTIGAÇÃO DE ÁREAS CONTAMINADAS, UM MANUAL PARA INVESTIGAÇÃO DE CONTAMINAÇÔES POR ORGANOCLORADOS NO BRASIL

Bernd Seelhorst

Resumo


A investigação e avaliação adequada de áreas potencialmente contaminadas têm como objetivo a caracterização representativa dos riscos ambientais em relação aos bens a proteger. Para atingir este objetivo é de suma importância definir os meios a serem amostrados (por exemplo solo, vapor do solo, água subterrânea) e os parâmetros de análise química de forma a cobrir o espectro de prováveis contaminantes. Durante os últimos 30 anos foram investigadas inúmeras áreas potencialmente contaminadas na Alemanha, em torno de 280.000 delas foram cadastradas como áreas potencialmente contaminadas. Uma avaliação das investigações realizadas mostrou que o procedimento adotado resultou muitas vezes em trabalhos desnecessários ou insuficientes, pois não havia informações suficientes referentes à relevância ambiental dos processos produtivos. Entre os casos de maior repercussão encontram-se contaminações oriundas de Solventes Clorados, principalmente utilizados na Indústria Metalúrgica. Como conseqüência das avaliações foram desenvolvidos na Alemanha Manuais e Software com abordagem setorial. Com base nas experiências alemãs foi iniciado em São Paulo o projeto PPP (Public Private Partnership) “Investigação, Avaliação e Remediação de Contaminações do Solo e Água Subterrânea em Indústrias Metalúrgicas”, com ênfase em hidrocarbonetos clorados como contaminantes, entre a GTZ (Gesellschaft für Technische Zusammenarbeit – Cooperação Técnica Alemã) e a Nickol & Partner GmbH.

Texto completo:

PDF


_____________________________________________________________________

A revista Águas Subterrâneas é uma publicação da Associação Brasileira de Águas Subterrâneas - ABAS - para divulgação de artigos científicos (originais e inéditos) sobre Hidrogeologia e outros temas pertinentes. Os artigos aceitos e finalizados são publicados em forma contínua e organizados sob a numeração de um Volume anual subdividido em vários Números com até 10 artigos cada um. 

A Revista Águas Subterrâneas é um periódico com classificação QUALIS Nacional e Internacional.

A Revista Águas Subterrâneas não cobra dos autores quaisquer taxas para submissão ou publicação. 


DISCLAIMER: Os Suplementos de Anais (congressos e encontros técnicos) aqui presentes são publicados na Revista Águas Subterrâneas exclusivamente por um ato de gentileza dos editores. De forma semelhante, os Estudos de Caso e Notas Técnicas são publicados com a intenção de prover um espaço para divulgação de dados e estudos de interesse local, sem obrigação de ter uma contribuiçao científica. Seus artigos NÃO PODEM e NÃO DEVEM ser considerados como publicações deste periódico. NÃO foram submetidos a revisão pelos avaliadores da revista. NÃO são contemplados na avaliação da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES). O objetivo é tão somente o de ampliar a divulgação destes anais, estudos de caso e notas técnicas. Além disso, nestes documentos não é necessária e não será apresentada a numeração sequencial de páginas, como é feito para os artigos científicos. Os anais de eventos devem ser citados como tal, sem referência a este periódico. A Revista Águas Subterrâneas não se responsabiliza pelo conteúdo publicado nessas seções. 

  

É de LIVRE acesso a todos os interessados, gratuitamente.
 

ÁGUAS SUBTERRÂNEAS, São Paulo, Brasil
eISSN 2179-9784 (eletrônico)
ISSN 0101-7004 (impresso)

Filiada:
 

Licença Creative Commons
Revista Águas Subterrâneas está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.


Todos aqueles que se cadastram na Revista Águas Subterrâneas tornam-se filiados da ABAS gratuitamente, podendo usufruir de descontos em eventos e material técnico. Por extensão, tornam-se também associados do Capítulo Brasileiro da Associação Internacional de Hidrogeólogos*, podendo também usufruir de descontos em eventos internacionais da IAH e outras ofertas. O acesso à revista é livre e independente do cadastramento

*Clique aqui para saber maiores detalhes e limitações dos filiados.