CALIDAD Y CONTAMINACIÓN DEL ACUÍFERO PROFUNDO DEL VALLE DE TOLUCA, EDO DE MÉXICO. MÉXICO

M. Vicenta Esteller, Carlos Díaz-Delgado

Resumo


El acuífero del Valle de Toluca, localizado en el Altiplano Mexicano, está
sometido a una intensa explotación para cubrir, esencialmente, las necesidades de agua
potable de los municipios de la zona, así como de la Ciudad de México. En este valle
existe una alta densidad de población propiciada por el asentamiento de grandes zonas
industriales, lo cual a su vez ha provocado la generación de grandes volúmenes de
residuos. Además, se trata de un área agrícola, lo cual implica el uso de fertilizantes y
plaguicidas. Ante esta problemática cabe suponer que el acuífero pueda tener cierto
grado de contaminación. El estudio hidrogeoquímico realizado para comprobar esta
hipótesis permitió establecer que el agua subterránea del Valle de Toluca presenta una
facies hidroquímica de tipo bicarbonata sódica-magnésica. Así mismo, se detecto la
presencia de altos contenidos de Fe y Mn, lo cual sugiere una posible contaminación
industrial pero las bajas concentraciones del resto de los metales nos permiten afirmar
que el origen de estos dos metales es natural ya que los minerales que conforman las
rocas volcánicas tienen altos contenidos en ambos iones. Tampoco se detectaron altos
contenidos de nitratos relacionados con el uso de fertilizantes en agricultura y/o por
vertido de aguas residuales.

Palavras-chave


Hidrogeoquímica, contaminación, metales pesados

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


 
A RAS teve que passar por uma
reestruturação do seu banco de dados,
caso seu LOGIN e SENHA NÃO MAIS FUNCIONEM,
por favor, CADASTRE-SE NOVAMENTE.
Desculpe pelo transtorno.
_____________________________________________________________________

ÁGUAS SUBTERRÂNEAS, São Paulo, Brasil
e-ISSN 2179-9784 (eletrônico)

É de LIVRE acesso a todos os interessados, gratuitamente.

 

A revista Águas Subterrâneas é uma publicação da Associação Brasileira de Águas Subterrâneas - ABAS - para divulgação de artigos científicos (originais e inéditos) sobre Hidrogeologia e outros temas pertinentes.

Os artigos aceitos e finalizados são publicados de forma contínua  organizados sob a numeração de um Volume anual subdividido em vários Números com até 10 artigos cada um.
 
A Revista Águas Subterrâneas é um periódico com classificação QUALIS Nacional e Internacional.
 
A Revista Águas Subterrâneas não cobra dos autores quaisquer taxas para submissão ou publicação.

DISCLAIMER: Os Suplementos de Anais (congressos e encontros técnicos) aqui presentes são publicados na Revista Águas Subterrâneas exclusivamente por um ato de gentileza dos editores. De forma semelhante, os Estudos de Caso e Notas Técnicas são publicados com a intenção de prover um espaço para divulgação de dados e estudos de interesse local, sem obrigação de ter uma contribuiçao científica. Seus artigos NÃO PODEM e NÃO DEVEM ser considerados como publicações deste periódico. NÃO foram submetidos a revisão pelos avaliadores da revista. NÃO são contemplados na avaliação da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES). O objetivo é tão somente o de ampliar a divulgação destes anais, estudos de caso e notas técnicas. Além disso, nestes documentos não é necessária e não será apresentada a numeração sequencial de páginas, como é feito para os artigos científicos. Os anais de eventos devem ser citados como tal, sem referência a este periódico. A Revista Águas Subterrâneas não se responsabiliza pelo conteúdo publicado nessas seções. 

Todos aqueles que se cadastram na Revista Águas Subterrâneas tornam-se filiados da ABAS gratuitamente, podendo usufruir de descontos em eventos e material técnico. Por extensão, tornam-se também associados do Capítulo Brasileiro da Associação Internacional de Hidrogeólogos*, podendo também usufruir de descontos em eventos internacionais da IAH e outras ofertas. O acesso à revista é livre e independente do cadastramento

*Clique aqui para saber maiores detalhes e limitações dos filiados.

Métricas

       

A Revista Águas Subterrâneas é filiada às seguintes Bases de Dados/Portais: 




 
Licença Creative Commons

Revista Águas Subterrâneas está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.