CONSTRUÇÃO DE POÇOS TUBULARES PROFUNDOS NA REGIÃO METROPOLITANA DE BELÉM

Josafá Ribeiro de Oliveira, Felisberto M. Centeno Júnior, Manfredo Ximenes Pontes, Manoel Imbiriba Júnior, João Benedito da Silva Botelho

Resumo


The urban and industrial expansion in the Metropolitan Region of Belém is
imposing a large demand o ground-water and, consequently, is increasing the construction of
deep wells as shown in the inventory elaborated by Companhia de Pesquisa de Recursos
Minerais (CPRM), within the project Hydrogeological Studies of Metropolitan Region of
Belém, in which were listed more than 60 deep tubular wells, from which 45 are still in
operation , continuously, twenty four hours a day. The early drills are of the end of decade of
70, beeing CORNEA and CPRM, followed by FEMAC and HIDROENGE the pioneers. In the
90’s it was an increment in the number of drillings, specially in depths larger than 130 meters.
In the drilling of these wells ,it was utilized rotary drills. The FEMAC GEOSOLO Engenharia
Ltda. and HIDROENGE are leading the drillings with 60% and 40%, respectively, in the RMB.
COSANPA works with 30 wells, furnishing approximately 9,000 m3/h of ground-water from 15
deep wells. There are 10 industrial deep wells, but, in lieu of lack of information, it was not
possible to estimate the total volume exploited. With regard to constructive aspects, the
method utilized is the rotary drilling with depths of about 280m and chambers of pumping
between 12 and 14 inches. Almost all wells are reveted with schedulle 40 tube and with inox
screen filters with 8 inches. In relation to pumping equipment, the wells ara adapted with
submersible pumps Leão and Ebara, with capacity of 150 up to 300m3/h ; the total costs of
ground-water wells ranging R$ 150,000 and R$ 170,000.

Palavras-chave


Projeto de Poço, Formação Pirabas e Perfilagem Geofísica

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


 
A RAS teve que passar por uma
reestruturação do seu banco de dados,
caso seu LOGIN e SENHA NÃO MAIS FUNCIONEM,
por favor, CADASTRE-SE NOVAMENTE.
Desculpe pelo transtorno.
_____________________________________________________________________

ÁGUAS SUBTERRÂNEAS, São Paulo, Brasil
e-ISSN 2179-9784 (eletrônico)

É de LIVRE acesso a todos os interessados, gratuitamente.

 

A revista Águas Subterrâneas é uma publicação da Associação Brasileira de Águas Subterrâneas - ABAS - para divulgação de artigos científicos (originais e inéditos) sobre Hidrogeologia e outros temas pertinentes.

Os artigos aceitos e finalizados são publicados de forma contínua  organizados sob a numeração de um Volume anual subdividido em vários Números com até 10 artigos cada um.
 
A Revista Águas Subterrâneas é um periódico com classificação QUALIS Nacional e Internacional.
 
A Revista Águas Subterrâneas não cobra dos autores quaisquer taxas para submissão ou publicação.

DISCLAIMER: Os Suplementos de Anais (congressos e encontros técnicos) aqui presentes são publicados na Revista Águas Subterrâneas exclusivamente por um ato de gentileza dos editores. De forma semelhante, os Estudos de Caso e Notas Técnicas são publicados com a intenção de prover um espaço para divulgação de dados e estudos de interesse local, sem obrigação de ter uma contribuiçao científica. Seus artigos NÃO PODEM e NÃO DEVEM ser considerados como publicações deste periódico. NÃO foram submetidos a revisão pelos avaliadores da revista. NÃO são contemplados na avaliação da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES). O objetivo é tão somente o de ampliar a divulgação destes anais, estudos de caso e notas técnicas. Além disso, nestes documentos não é necessária e não será apresentada a numeração sequencial de páginas, como é feito para os artigos científicos. Os anais de eventos devem ser citados como tal, sem referência a este periódico. A Revista Águas Subterrâneas não se responsabiliza pelo conteúdo publicado nessas seções. 

Todos aqueles que se cadastram na Revista Águas Subterrâneas tornam-se filiados da ABAS gratuitamente, podendo usufruir de descontos em eventos e material técnico. Por extensão, tornam-se também associados do Capítulo Brasileiro da Associação Internacional de Hidrogeólogos*, podendo também usufruir de descontos em eventos internacionais da IAH e outras ofertas. O acesso à revista é livre e independente do cadastramento

*Clique aqui para saber maiores detalhes e limitações dos filiados.

Métricas

       

A Revista Águas Subterrâneas é filiada às seguintes Bases de Dados/Portais: 




 
Licença Creative Commons

Revista Águas Subterrâneas está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.