RELACION PRECIPITACIONES-NIVELES PIEZOMETRICOS EN EL BORDE ORIENTAL DE LA PROVINCIA DE ENTRE RIOS. ARGENTINA

Eduardo Díaz, Oscar Duarte, Marcelo Wilson, Ricardo Valenti, René Benavidez

Resumo


Desde comienzo de la década del '70, en que se produjo un incremento del
área irrigada de arroz a partir de perforaciones que explotan el acuífero "Salto Chico" se
planteó determinar el origen de la recarga del agua subterránea.
En 1992 se comenzó a estudiar los usos consuntivos del arroz en parcelas
experimentales, la eficiencia de aplicación y conducción, y comenzó las primeras de
medición de niveles piezométricos de agua subterránea.
El acuífero es actualmente explotado con perforaciones de entre 80 y 120 metros de
profundidad que extraen caudales que oscilan entre los 200 y 450 m3/h con más de 2500
perforaciones.
Se ha procesado la información de la estación hidrométrica ubicada en el Río
Gualeguaychú, sección de aforo de la Ruta Nacional N° 39. Asimismo se analizaron los
datos climáticos de la EEA INTA Uruguay. Finalmente se procesaron los datos de niveles
piezométricos diarios y su relación con las precipitaciones.
Se realizó una correlación de los niveles piezométricos con los desvios acumulados
con respecto a las medias mensuales de las precipitaciones registradas en el período
Enero de 1989-Noviembre de 1999. El grado de ajuste alcanzado es muy bueno con un
R2 = 0.86

Palavras-chave


recarga, acuífero, precipitaciones

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


 
A RAS teve que passar por uma
reestruturação do seu banco de dados,
caso seu LOGIN e SENHA NÃO MAIS FUNCIONEM,
por favor, CADASTRE-SE NOVAMENTE.
Desculpe pelo transtorno.
_____________________________________________________________________

ÁGUAS SUBTERRÂNEAS, São Paulo, Brasil
e-ISSN 2179-9784 (eletrônico)

É de LIVRE acesso a todos os interessados, gratuitamente.

 

A revista Águas Subterrâneas é uma publicação da Associação Brasileira de Águas Subterrâneas - ABAS - para divulgação de artigos científicos (originais e inéditos) sobre Hidrogeologia e outros temas pertinentes.

Os artigos aceitos e finalizados são publicados de forma contínua  organizados sob a numeração de um Volume anual subdividido em vários Números com até 10 artigos cada um.
 
A Revista Águas Subterrâneas é um periódico com classificação QUALIS Nacional e Internacional.
 
A Revista Águas Subterrâneas não cobra dos autores quaisquer taxas para submissão ou publicação.

DISCLAIMER: Os Suplementos de Anais (congressos e encontros técnicos) aqui presentes são publicados na Revista Águas Subterrâneas exclusivamente por um ato de gentileza dos editores. De forma semelhante, os Estudos de Caso e Notas Técnicas são publicados com a intenção de prover um espaço para divulgação de dados e estudos de interesse local, sem obrigação de ter uma contribuiçao científica. Seus artigos NÃO PODEM e NÃO DEVEM ser considerados como publicações deste periódico. NÃO foram submetidos a revisão pelos avaliadores da revista. NÃO são contemplados na avaliação da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES). O objetivo é tão somente o de ampliar a divulgação destes anais, estudos de caso e notas técnicas. Além disso, nestes documentos não é necessária e não será apresentada a numeração sequencial de páginas, como é feito para os artigos científicos. Os anais de eventos devem ser citados como tal, sem referência a este periódico. A Revista Águas Subterrâneas não se responsabiliza pelo conteúdo publicado nessas seções. 

Todos aqueles que se cadastram na Revista Águas Subterrâneas tornam-se filiados da ABAS gratuitamente, podendo usufruir de descontos em eventos e material técnico. Por extensão, tornam-se também associados do Capítulo Brasileiro da Associação Internacional de Hidrogeólogos*, podendo também usufruir de descontos em eventos internacionais da IAH e outras ofertas. O acesso à revista é livre e independente do cadastramento

*Clique aqui para saber maiores detalhes e limitações dos filiados.

Métricas

       

A Revista Águas Subterrâneas é filiada às seguintes Bases de Dados/Portais: 




 
Licença Creative Commons

Revista Águas Subterrâneas está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.