A GESTÃO DE ÁGUAS SUBTERRÂNEAS NO AQÜÍFERO BARREIRAS – JORDÃO, JARDIM JORDÃO E IBURA – RECIFE – PERNAMBUCO

Simone Rosa da Silva, Adson Brito Monteiro, Jaime J. S. P.Cabral, Alexandre L. S. Borba, Paula Kristhina C. Freire, Waldir Duarte Costa, Gileno Feitosa Barbosa

Resumo


Este trabalho apresenta a situação atual de implementação dos instrumentos de gestão de
recursos hídricos no aqüífero Barreiras, nos bairros do Jordão, Jardim Jordão e Ibura, situados no
Recife, em Pernambuco. Na Região Metropolitana do Recife – RMR esse aqüífero é explotado,
principalmente, por empresas de comercialização de água potável, que suprem uma demanda não
atendida pela companhia de abastecimento público. O órgão gestor de recursos hídricos em
Pernambuco, a Secretaria de Recursos Hídricos – SRH do Governo do Estado estabeleceu áreas de
restrição de explotação de águas subterrâneas para disciplinar o uso da água e preservar os
mananciais subterrâneos, considerados como reserva estratégica. Verifica-se que a outorga de
direito de uso da água é um instrumento importante no gerenciamento das águas subterrâneas, desde
que subsidiada por estudos hidrogeológicos atualizados e acompanhada de uma fiscalização
intensiva, com aplicação de sanções aos infratores.

Palavras-chave


Gestão, Aqüífero Barreiras, Recife.

Texto completo:

Sem título


_____________________________________________________________________

A revista Águas Subterrâneas é uma publicação da Associação Brasileira de Águas Subterrâneas - ABAS - para divulgação de artigos científicos (originais e inéditos) sobre Hidrogeologia e outros temas pertinentes. Os artigos aceitos e finalizados são publicados em forma contínua e organizados sob a numeração de um Volume anual subdividido em vários Números com até 10 artigos cada um. 

A Revista Águas Subterrâneas é um periódico com classificação QUALIS Nacional e Internacional.

A Revista Águas Subterrâneas não cobra dos autores quaisquer taxas para submissão ou publicação. 


DISCLAIMER: Os Suplementos de Anais (congressos e encontros técnicos) aqui presentes são publicados na Revista Águas Subterrâneas exclusivamente por um ato de gentileza dos editores. De forma semelhante, os Estudos de Caso e Notas Técnicas são publicados com a intenção de prover um espaço para divulgação de dados e estudos de interesse local, sem obrigação de ter uma contribuiçao científica. Seus artigos NÃO PODEM e NÃO DEVEM ser considerados como publicações deste periódico. NÃO foram submetidos a revisão pelos avaliadores da revista. NÃO são contemplados na avaliação da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES). O objetivo é tão somente o de ampliar a divulgação destes anais, estudos de caso e notas técnicas. Além disso, nestes documentos não é necessária e não será apresentada a numeração sequencial de páginas, como é feito para os artigos científicos. Os anais de eventos devem ser citados como tal, sem referência a este periódico. A Revista Águas Subterrâneas não se responsabiliza pelo conteúdo publicado nessas seções. 

  

É de LIVRE acesso a todos os interessados, gratuitamente.
 

ÁGUAS SUBTERRÂNEAS, São Paulo, Brasil
eISSN 2179-9784 (eletrônico)
ISSN 0101-7004 (impresso)

Filiada:
 

Licença Creative Commons
Revista Águas Subterrâneas está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.


Todos aqueles que se cadastram na Revista Águas Subterrâneas tornam-se filiados da ABAS gratuitamente, podendo usufruir de descontos em eventos e material técnico. Por extensão, tornam-se também associados do Capítulo Brasileiro da Associação Internacional de Hidrogeólogos*, podendo também usufruir de descontos em eventos internacionais da IAH e outras ofertas. O acesso à revista é livre e independente do cadastramento

*Clique aqui para saber maiores detalhes e limitações dos filiados.