Uso dos solos e recursos hídricos no município de Capão do Leão – RS: possibilidade de impacto ambiental pelas atividades antrópicas.

Idel Cristiana Bigliardi Milani, Aline Saupe Abreu, Emanuele Baifus Manke, Janice Ferreira da Silveira, Mariana Farias de Souza, Priscila dos Santos Priebe, Tamara Leitzke Caldeira, Tuane de Oliveira Dutra, Fernando André Horbach, Karina Kamer Attisano, Gilberto Loguercio Collares, Luis Eduardo Akiyoshi Sanches Suzuki, Vitor Emanuel Quevedo Tavares

Resumo


O município de Capão do Leão, situado no estado do Rio Grande do Sul, apresenta diferentes
atividades socioeconômicas gerando riscos potenciais ao meio ambiente, como a atividade de
mineração de saibro e granito, o cultivo de arroz irrigado, a criação de bovinos e o reflorestamento
de Eucaliptus sp. e Pinus sp. Essas atividades podem alterar a qualidade do solo, das águas
subterrâneas e a recarga dos aqüíferos. A Companhia de Pesquisa de Recursos Minerais (CPRM) e
seu Sistema de Informações de Águas Subterrâneas (SIAGAS) disponibilizaram, em 2005, as
últimas informações georreferenciadas do levantamento de 21 poços cadastrados no município de
Capão do Leão. Estas informações relacionadas aos dados hidrogeoquímicos encontrados na
literatura foram plotados através de softwares e mapas de distribuição espacial. Considerando o
panorama ambiental do município de Capão do Leão associado aos mananciais hídricos que as
diferentes atividades sócio-econômicas locais encontram-se situadas próximas as instalações dos
poços tubulares, podendo impactar negativamente a qualidade destes recursos hídricos. Deve-se
salientar que este trabalho necessita ser atualizado e ampliado em sua rede amostral visando avaliar
a evolução dos cenários ambientais da região, permitindo assim tomadas de decisões e ações para
minimizar os impactos, levando sempre em consideração o equilíbrio sócio-ambiental.

Palavras-chave


atividades antrópicas, recursos hídricos, uso dos solos

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


 
_____________________________________________________________________

ÁGUAS SUBTERRÂNEAS, São Paulo, Brasil
e-ISSN 2179-9784 (eletrônico)

É de LIVRE acesso a todos os interessados, gratuitamente.

 

A revista Águas Subterrâneas é uma publicação da Associação Brasileira de Águas Subterrâneas - ABAS - para divulgação de artigos científicos (originais e inéditos) sobre Hidrogeologia e outros temas pertinentes.

Os artigos aceitos e finalizados são publicados de forma contínua  organizados sob a numeração de um Volume anual subdividido em vários Números com até 10 artigos cada um.
 
A Revista Águas Subterrâneas é um periódico com classificação QUALIS Nacional e Internacional.
 
A Revista Águas Subterrâneas não cobra dos autores quaisquer taxas para submissão ou publicação.

DISCLAIMER: Os Suplementos de Anais (congressos e encontros técnicos) aqui presentes são publicados na Revista Águas Subterrâneas exclusivamente por um ato de gentileza dos editores. De forma semelhante, os Estudos de Caso e Notas Técnicas são publicados com a intenção de prover um espaço para divulgação de dados e estudos de interesse local, sem obrigação de ter uma contribuiçao científica. Seus artigos NÃO PODEM e NÃO DEVEM ser considerados como publicações deste periódico. NÃO foram submetidos a revisão pelos avaliadores da revista. NÃO são contemplados na avaliação da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES). O objetivo é tão somente o de ampliar a divulgação destes anais, estudos de caso e notas técnicas. Além disso, nestes documentos não é necessária e não será apresentada a numeração sequencial de páginas, como é feito para os artigos científicos. Os anais de eventos devem ser citados como tal, sem referência a este periódico. A Revista Águas Subterrâneas não se responsabiliza pelo conteúdo publicado nessas seções. 

Todos aqueles que se cadastram na Revista Águas Subterrâneas tornam-se filiados da ABAS gratuitamente, podendo usufruir de descontos em eventos e material técnico. Por extensão, tornam-se também associados do Capítulo Brasileiro da Associação Internacional de Hidrogeólogos*, podendo também usufruir de descontos em eventos internacionais da IAH e outras ofertas. O acesso à revista é livre e independente do cadastramento

*Clique aqui para saber maiores detalhes e limitações dos filiados.

Métricas

       

A Revista Águas Subterrâneas é filiada às seguintes Bases de Dados/Portais: 




 
Licença Creative Commons

Revista Águas Subterrâneas está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.