PROJETO PILOTO DE COMBATE ÀS FERRO BACTÉRIAS EM POÇOS TUBULARES NO AUÍFERO ALUVIONAR DE AMARO LANARI NO VALE DO AÇO - M G

Carlos Alberto de Freitas, Gildo Batista Inez, Rogério Joroski

Resumo


A COPASA, Companhia de Saneamento de Minas Gerais, abastece as cidades de
Coronel Fabriciano, Ipatinga e Timóteo localizadas no Vale do Aço em Minas Gerais, com uma
população de aproximadamente 500.000 habitantes, exclusivamente com água subterrânea do
aqüífero aluvionar do rio Piracicaba. O principal sistema produtor está localizado no bairro Amaro
Lanari em Coronel Fabriciano, onde são operados 23 poços tubulares com produção total média de
850 l/s. A água dos poços passa por uma ETA especial para remoção de ferro e manganês. Alguns
desses poços apresentam contaminações por ferro bactérias do gênero Gallionella sp, que
produzem com seus filamentos enorme quantidade de flocos. Esses flocos se aglomeravam ao
longo da adutora em forma de placas , que chegavam até a ETA, causando enormes transtornos
operacionais. Essas placas chegavam a atingir dimensões de até 20,0 cm de comprimento por 8,0 cm
de largura e 0,3 cm de espessura.
Através de um convênio entre a COPASA e a Mojave foi desenvolvida uma metodologia para
combate às ferro bactérias, com criação por parte da Mojave, de produtos químicos específicos. Os
resultados obtidos foram extremamente significativos, chegando a eliminar completamente a
formação de flocos. A metodologia desenvolvida e os resultados são apresentados a seguir.

Palavras-chave


Amaro Lanari, ferro bactérias

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


 
A RAS teve que passar por uma
reestruturação do seu banco de dados,
caso seu LOGIN e SENHA NÃO MAIS FUNCIONEM,
por favor, CADASTRE-SE NOVAMENTE.
Desculpe pelo transtorno.
_____________________________________________________________________

ÁGUAS SUBTERRÂNEAS, São Paulo, Brasil
e-ISSN 2179-9784 (eletrônico)

É de LIVRE acesso a todos os interessados, gratuitamente.

 

A revista Águas Subterrâneas é uma publicação da Associação Brasileira de Águas Subterrâneas - ABAS - para divulgação de artigos científicos (originais e inéditos) sobre Hidrogeologia e outros temas pertinentes.

Os artigos aceitos e finalizados são publicados de forma contínua  organizados sob a numeração de um Volume anual subdividido em vários Números com até 10 artigos cada um.
 
A Revista Águas Subterrâneas é um periódico com classificação QUALIS Nacional e Internacional.
 
A Revista Águas Subterrâneas não cobra dos autores quaisquer taxas para submissão ou publicação.

DISCLAIMER: Os Suplementos de Anais (congressos e encontros técnicos) aqui presentes são publicados na Revista Águas Subterrâneas exclusivamente por um ato de gentileza dos editores. De forma semelhante, os Estudos de Caso e Notas Técnicas são publicados com a intenção de prover um espaço para divulgação de dados e estudos de interesse local, sem obrigação de ter uma contribuiçao científica. Seus artigos NÃO PODEM e NÃO DEVEM ser considerados como publicações deste periódico. NÃO foram submetidos a revisão pelos avaliadores da revista. NÃO são contemplados na avaliação da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES). O objetivo é tão somente o de ampliar a divulgação destes anais, estudos de caso e notas técnicas. Além disso, nestes documentos não é necessária e não será apresentada a numeração sequencial de páginas, como é feito para os artigos científicos. Os anais de eventos devem ser citados como tal, sem referência a este periódico. A Revista Águas Subterrâneas não se responsabiliza pelo conteúdo publicado nessas seções. 

Todos aqueles que se cadastram na Revista Águas Subterrâneas tornam-se filiados da ABAS gratuitamente, podendo usufruir de descontos em eventos e material técnico. Por extensão, tornam-se também associados do Capítulo Brasileiro da Associação Internacional de Hidrogeólogos*, podendo também usufruir de descontos em eventos internacionais da IAH e outras ofertas. O acesso à revista é livre e independente do cadastramento

*Clique aqui para saber maiores detalhes e limitações dos filiados.

Métricas

       

A Revista Águas Subterrâneas é filiada às seguintes Bases de Dados/Portais: 




 
Licença Creative Commons

Revista Águas Subterrâneas está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.