AVALIAÇÃO DE SISTEMA DE REMEDIAÇÃO DO TIPO “PUMP AND TREAT” COM O USO DE MGO (MODULAR GROUNDWATER OPTIMIZER) – APLICAÇÃO NO CASO DO ATERRO VOLTA GRANDE EM VOLTA REDONDA – RJ

Paulo Henrique Pereira dos Santos, Ana Paula Spolidoro Queiroz, Flávio de Souza Lima, Humberto Lusvarghi Neto, Pedro Pessoa Dib, Malva Andrea Mancuso

Resumo


A aplicação de modelos matemáticos para simulação de situações reais e hipotéticas (futuras) de fluxo da água subterrânea e de transportes de contaminantes tem sido amplamente utilizada para tomada de decisões estratégicas quanto ao tipo de tecnologia e arranjos de sistemas de remediação em áreas contaminadas. Associado a esses simuladores de fluxo e transporte é que se insere o “ModularGroundwater Optimizer”, ou simplesmente MGO, desenvolvido por ZHENG e WANG (2002) com a cooperação da Groundwater Systems Research Ltd. O MGO é um código de otimização em simulações com fluxo de água subterrânea que pode ser utilizado para redução de custos associados com a instalação e operação de sistemas de bombeamento de água subterrânea contaminada. Com a necessidade de reavaliação de sistema de bombeamento existente no Aterro Volta Grande, no município de Volta Redonda (RJ), sugeriu-se a aplicação do código MGO, para verificar e propor formas de otimização do sistema em operação. A estratégia para minimizar o custo de operação do sistema identificou umaalternativa de solução ideal que atingiria os objetivos de remediação em 8,5 anos de operação e reduziria em cerca de R$ 1 milhão quando comparada com a escolha atualmente implementada.

Palavras-chave


Modelagem Matemática, Otimização, Contaminação, Naftaleno, Remediação

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


 
_____________________________________________________________________

ÁGUAS SUBTERRÂNEAS, São Paulo, Brasil
e-ISSN 2179-9784 (eletrônico)

É de LIVRE acesso a todos os interessados, gratuitamente.

 

A revista Águas Subterrâneas é uma publicação da Associação Brasileira de Águas Subterrâneas - ABAS - para divulgação de artigos científicos (originais e inéditos) sobre Hidrogeologia e outros temas pertinentes.

Os artigos aceitos e finalizados são publicados de forma contínua  organizados sob a numeração de um Volume anual subdividido em vários Números com até 10 artigos cada um.
 
A Revista Águas Subterrâneas é um periódico com classificação QUALIS Nacional e Internacional.
 
A Revista Águas Subterrâneas não cobra dos autores quaisquer taxas para submissão ou publicação.

DISCLAIMER: Os Suplementos de Anais (congressos e encontros técnicos) aqui presentes são publicados na Revista Águas Subterrâneas exclusivamente por um ato de gentileza dos editores. De forma semelhante, os Estudos de Caso e Notas Técnicas são publicados com a intenção de prover um espaço para divulgação de dados e estudos de interesse local, sem obrigação de ter uma contribuiçao científica. Seus artigos NÃO PODEM e NÃO DEVEM ser considerados como publicações deste periódico. NÃO foram submetidos a revisão pelos avaliadores da revista. NÃO são contemplados na avaliação da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES). O objetivo é tão somente o de ampliar a divulgação destes anais, estudos de caso e notas técnicas. Além disso, nestes documentos não é necessária e não será apresentada a numeração sequencial de páginas, como é feito para os artigos científicos. Os anais de eventos devem ser citados como tal, sem referência a este periódico. A Revista Águas Subterrâneas não se responsabiliza pelo conteúdo publicado nessas seções. 

Todos aqueles que se cadastram na Revista Águas Subterrâneas tornam-se filiados da ABAS gratuitamente, podendo usufruir de descontos em eventos e material técnico. Por extensão, tornam-se também associados do Capítulo Brasileiro da Associação Internacional de Hidrogeólogos*, podendo também usufruir de descontos em eventos internacionais da IAH e outras ofertas. O acesso à revista é livre e independente do cadastramento

*Clique aqui para saber maiores detalhes e limitações dos filiados.

Métricas

       

A Revista Águas Subterrâneas é filiada às seguintes Bases de Dados/Portais: 




 
Licença Creative Commons

Revista Águas Subterrâneas está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.