Modelo conceitual da degradação de poliacrilamidas (PAM) em compostos nitrogenados

Aline Diorio dos Santos, Chang Hung Kiang, Elias Hideo Teramoto, Rosely Aparecida Liguori Imbernon, Anibal Bem David Albino Muchimbane

Resumo


Esse estudo teve como objetivo avaliar os impactos gerados por polímero Poliacrilamida (PAM), encontrados em resíduos de estação de tratamento de água. A degradação do PAM pode estar associada à presença de compostos nitrogenados na água, como amônio, nitratos e nitritos, sendo essencial a avaliação da degradação deste polímero.  A metodologia envolveu a elaboração de um Modelo Conceitual para a disposição de lodo de ETA em aterros tecnogênicos, com enfoque em poliacrilamidas e sua degradação em compostos nitrogenados. O modelo foi validado a partir de dados observados em um estudo de caso desenvolvido em Taiaçupeba, Suzano, SP. Observou-se que no processo de nitrificação, por via aeróbia, o íon amônio é oxidado a nitritos e posteriormente a nitratos; e por via anaeróbia, uma reação anamox, em que amônio é oxidado e nitrito reduzido, liberando gás nitrogênio em ambiente redutor. Adicionalmente, foram observados íon amônio, óxido de manganês e hidróxido de ferro (abundantes no solo in situ e também no lodo) sendo oxidados a nitrogênio gasoso e consumindo íons H+ no meio. A variação do nível de água do aquífero freático pode influenciar as concentrações observadas em razão do incremento da espessura da zona saturada, possibilitando o contato com camadas superficiais de PAM.


Palavras-chave


lodo ETA. Poliacrilamida (PAM). Compostos Nitrogenados. Modelo Conceitual.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.14295/ras.v32i3.29181

_____________________________________________________________________

A revista Águas Subterrâneas é uma publicação da Associação Brasileira de Águas Subterrâneas - ABAS - para divulgação de artigos científicos (originais e inéditos) sobre Hidrogeologia e outros temas pertinentes. Os artigos aceitos e finalizados são publicados em forma contínua e organizados sob a numeração de um Volume anual subdividido em vários Números com até 10 artigos cada um. 

A Revista Águas Subterrâneas é um periódico com classificação QUALIS Nacional e Internacional.

A Revista Águas Subterrâneas não cobra dos autores quaisquer taxas para submissão ou publicação. 


DISCLAIMER: Os Suplementos de Anais (congressos e encontros técnicos) aqui presentes são publicados na Revista Águas Subterrâneas exclusivamente por um ato de gentileza dos editores. De forma semelhante, os Estudos de Caso e Notas Técnicas são publicados com a intenção de prover um espaço para divulgação de dados e estudos de interesse local, sem obrigação de ter uma contribuiçao científica. Seus artigos NÃO PODEM e NÃO DEVEM ser considerados como publicações deste periódico. NÃO foram submetidos a revisão pelos avaliadores da revista. NÃO são contemplados na avaliação da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES). O objetivo é tão somente o de ampliar a divulgação destes anais, estudos de caso e notas técnicas. Além disso, nestes documentos não é necessária e não será apresentada a numeração sequencial de páginas, como é feito para os artigos científicos. Os anais de eventos devem ser citados como tal, sem referência a este periódico. A Revista Águas Subterrâneas não se responsabiliza pelo conteúdo publicado nessas seções. 

  

É de LIVRE acesso a todos os interessados, gratuitamente.
 

ÁGUAS SUBTERRÂNEAS, São Paulo, Brasil
eISSN 2179-9784 (eletrônico)
ISSN 0101-7004 (impresso)

Filiada:
 

Licença Creative Commons
Revista Águas Subterrâneas está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.


Todos aqueles que se cadastram na Revista Águas Subterrâneas tornam-se filiados da ABAS gratuitamente, podendo usufruir de descontos em eventos e material técnico. Por extensão, tornam-se também associados do Capítulo Brasileiro da Associação Internacional de Hidrogeólogos*, podendo também usufruir de descontos em eventos internacionais da IAH e outras ofertas. O acesso à revista é livre e independente do cadastramento

*Clique aqui para saber maiores detalhes e limitações dos filiados.